Otimismo e avanços são os principais legados de 2017 para a mineração gaúcha

Diretoria do Sindibritas e da Agabritas avaliou o ano em confraternização

A última reunião do ano do Sindicato das Empresas de Mineração de Brita, Areia e Saibro do Rio Grande do Sul (Sindibritas) e da Associação Gaúcha dos Produtores de Brita, Areia e Saibro (Agabritas) mostrou que a mineração gaúcha está satisfeita com os avanços realizados em 2017 para o setor. De acordo com o presidente das entidades, Pedro Antônio Reginato, o diálogo aberto com o Governo do Estado é um importante caminho para o trabalho de desenvolver a mineração no Rio Grande do Sul.

– Queremos agradecer aos associados que estiveram muito empenhados ao longo de todo o ano para que pudéssemos conquistar avanços importantes para o setor. Ressalto ainda o diálogo e comprometimento que estamos tendo por parte do Governo do Estado e de inúmeros parlamentares para que nossas demandas sejam atendidas. Estamos muito otimistas para o ano de 2018 – relatou o presidente do Sindibritas e da Agabritas, Pedro Antônio Reginato.

O encontro teve, como pautas, destaques para a permanência de 12% da alíquota de ICMS para o ano de 2019. Além disso, foram debatidas questões jurídicas e sindicais com os associados. Ao final do encontro, os empresários presentes participaram de uma confraternização de final de ano da entidade.