Mineração marca presença na 17ª Feira Construsul – Feira Internacional da Construção

O segmento da mineração esteve representado na 17ª Construsul – Feira Internacional da Construção e a 9ª ExpoMáquinas – Feira de Máquinas e Equipamentos para Construção que teve início nesta quarta-feira (06/08). O evento gerou aproximadamente R$ 600 milhões em negócios. As novidades impressionaram os visitantes, desde avançada tecnologia nos produtos até medidas simples que trazem praticidade na operação e aplicação nas obras. O Sindicato da Indústria da Mineração de Brita, Areia e Saibro do Estado do Rio Grande do Sul (Sindibritas) e a Associação Gaúcha dos Produtores de Brita, Areia e Saibro (Agabritas) estiveram representados na abertura do evento.

Foto: Guilherme Gargioni.– A Construsul é importante por tratar de produtos fundamentais para construção civil. A produção de brita, a produção e extração de areia são ingredientes fundamentais – afirmou o representante da Agabritas e Sindibritas junto a Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção Civil (Anepac), Raimundo Toniolo.

As empresas do setor, foram grandes responsáveis pelo crescimento econômico do país e ao longo dos últimos anos estão demonstrando grande força.

– O setor da construção soube ultrapassar as barreiras e superar os problemas na economia – comentou o diretor da Sul Eventos, empresa organizadora da Feira, Paulo Richter.

O prefeito de Novo Hamburgo, Luis Lauermann, esteve presente na solenidade de abertura da Feira Construsul e ExpoMáquinas e destacou o crescimento constante do setor da construção civil nos últimos anos.

– Para se ter uma idéia do crescimento contínuo da construção civil na economia, nos primeiros meses deste ano, a Caixa aplicou R$ 53 milhões em recursos para cadeia construtiva no estado do Rio Grande do Sul. É um dado extraordinário em comparação com o mesmo período em outros anos. O que vemos é a preocupação de empresas e empresários em desenvolver o setor – afirmou Luis Lauermann.

A Construsul, promovida pela Sul Eventos Feiras Profissionais, contou com mais de 30 mil m2 de área construída e público de mais de 76 mil pessoas entre lojistas, construtores, órgãos de Governo, arquitetos, incorporadores, entre outros.