Setor da mineração apresenta proposta ao governador José Ivo Sartori

Foto: Karine Viana / Gov. do Estado do RSA direção da Associação Gaúcha dos Produtores de Brita, Areia e Saibro (Agabritas) e do Sindicato da Indústria da Mineração de Brita, Areia e Saibro do Estado do RS (Sindibritas), liderados pelo presidente Pedro Reginato, esteve reunida com o governador gaúcho José Ivo Sartori na tarde de quinta-feira (18/06), no Palácio Piratini, em Porto Alegre. Além da apresentação formal das atividades do segmento, considerada essencial para a construção civil, o grupo diretivo solicitou ao governador a implementação de políticas sólidas e eficazes para o desenvolvimento do setor.

– O governador José Ivo Sartori foi extremamente solícito aos pleitos que lhe entregamos, nos abrindo um contato direto com a secretária estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini, para tratarmos das questões ambientais que envolvem a extração de brita, areia e saibro no Rio Grande do Sul. Ressaltamos que a areia e a brita são consumidos em grandes volumes na construção civil, constituindo-se em produtos praticamente insubstituíveis considerando-se a carência de materiais naturais ou sintéticos que possam ocupar o seu lugar com a qualidade técnica exigida, volumes e principalmente com os custos hoje praticados – ressalta Reginato.

A direção da Agabritas e Sindibritas também apresentou ao governador propostas como a criação e implementação do Comitê de Planejamento da Mineração, órgão já proposto pela Secretaria de Minas e Energia, com a finalidade de traçar as diretrizes gerais sobre a produção dos recursos minerais do Estado e executar ou coordenar ações técnicas de fomento e planejamento. Além disto, solicitou a implantação de mecanismos de licenciamento ambiental desburocratizados, já que atualmente o rito processual de licenciamento ambiental no Rio Grande do Sul é extremamente burocratizado. Também conversaram sobre a viabilização da abertura de novas frentes de lavra de areia e brita.